Há mais de 30 anos fabricando alegria!

Dicas

8 dicas de como incentivar a criatividade nas crianças!

Publicado em 06.03.2024 |
Visualizações
45 visualizações

Você já se sentiu sem criatividade? Essa sensação é normal e acontece com todo mundo. Inclusive, com as crianças.

Com o passar dos anos e as exigências das novas fases da vida, elas podem ter esse mesmo sentimento, de queda no nível criativo. 

Há solução! Os educadores e responsáveis podem usar estratégias que abrem espaço para que essa característica não se perca.

Ao contrário, são ações que vão estimular as habilidades criativas, tão importantes para enfrentar desafios e resolver problemas.

Continue lendo e anote essas 8 dicas para incentivar a criatividade nas crianças.

1 - Novas experiências

mae e filha tocando instrumentos musicais

As crianças costumam aceitar, com muito mais naturalidade, diferentes atividades.

Elas são incentivadas pelo desafio de aprenderem algo novo o tempo todo.

Seja dança, instrumento musicalbrinquedo ou qualquer ação do dia a dia, como as tarefas domésticas.

O curioso é que até mesmo as ideias mais improváveis fazem parte do repertório delas. Uma viagem para a lua, por exemplo.

Obviamente, não dá para realizar tudo que imaginam, mas permitir novas experiências é um primeiro passo para estimular a criatividade.

2 - Inclua a natureza

Crianças brincando no bosque

Todos os elementos da natureza trazem estímulos, das flores aos frutos.

Tanto é verdade que cientistas gostam de dizer que o meio-ambiente é um laboratório a céu aberto.

Elá as crianças podem testar seus potenciais, dos movimentos do corpo às emoções.

As brincadeiras ao ar livre promovem, portanto, o bem-estar emocional e mental.

O que é importante para dar vida à criatividade. A explicação mais simples está no fato de que essa é uma forma de verbalizar sentimentos sem que tenham que, necessariamente, falar.

Inclusive, uma sugestão é aproveitar esses momentos em meio à natureza para incluir um assunto relevante para a sociedade: sustentabilidade.

Em contato com a natureza, seja em uma horta ou parque, revisite assuntos como o da coleta seletiva, lixos recicláveis e economia de água.

3 - A leitura abre possibilidades

menino sentado lendo um livro

Ah, a leitura infantil, um prato cheio para tantas viagens! Há quem diga que ler é viajar sem sair do lugar.

Assim, torna-se um convite para a imaginação e a criatividade. Portanto, os livros não podem ficar de fora da rotina dos pequenos, em qualquer ambiente e oportunidade.

Um detalhe bacana é que a ideia de leitura não envolve apenas livros, mas também revistas e histórias em quadrinhos.

Além disso, outra sugestão é criar histórias faladas.

Para incentivar os pequenos nessa contação, por exemplo, comece uma narrativa e peça que elas continuem.

4 - Saiba usar a tecnologia

crianca assistindo televisao

Com relação à tecnologia, vale aquela expressão: a diferença do veneno e do remédio é a dose.

Isso porque as novas ferramentas que aparecem a todo momento podem ser muito positivas para o público infantil, desde que usadas com cuidado.

Ótimos exemplos são:

No dia a dia, qual o jeito recomendado de fazer isso? Libere o acesso por curtos períodos e poucas vezes no dia.

Obviamente, sempre com a supervisão dos responsáveis. O conhecimento alimenta a criatividade e esses recursos podem fazer parte disso.

5 - Atividades físicas são estimulantes

criancas brincando com bola

Quando surge o assunto do exercício físico para o público infantil, todo mundo logo pensa naquela ideia de vida saudável.

Assim como no desenvolvimento da coordenação motora e no trabalho em equipe. Tudo verdade. Porém, é muito mais do que isso!

Ao estarem conectados com outras pessoas ou quando precisam marcar pontos ou fazer gols, os pequenos começam a pensar de forma diferente.

Ou seja, essas atividades fazem surgir o pensamento estratégico, que é essencial para pensar em inovações e soluções criativas. 

Além disso, quando praticadas em ambientes abertos, as atividades ligam-se aos benefícios da natureza.

Ao nadar, pedalar ou caminhar, por exemplo, as crianças desenvolvem a criatividade porque o corpo relaxa e a mente trabalha de forma mais eficiente.

6 - Valorize a diversão livre

criancas brincando

Se é para estimular a criatividade, considere aquele ditado bem antigo de que criança tem que se sujar, ok?

Assim, quanto menos dirigidas e orientadas as ações forem, maiores as chances de a criança pensar em formas diferentes de resolver situações.

O interesse dessa diversão não é o de deixar que os pequenos façam o que bem quiserem. E, sim, incentivar que façam coisas fora do comum.

Além disso, a diversão está presente na criação de maneiras diferentes de brincar, sem precisar seguir a mesma regra sempre.

7 - Errar faz parte do jogo

A ideia de tentativa e erro é uma das dinâmicas mais interessantes da vida. Inclusive, quando trazemos isso para o mundo corporativo dos adultos.

Não é raro vermos que as pessoas de sucesso são as que mais tentaram e erraram.

  • Walt Disney,
  • Isaac Newton,
  • Albert Einstein,
  • Charles Darwin,
  • Henry Ford e outros.

Só que nem sempre é fácil aceitar o erro como parte da vida. Ao ser rígido demais com os pequenos, cria-se uma ideia de banimento e punição.

Logo, isso desestimula as novas tentativas. O ideal é estimular para errarem e aprenderem, isso é crescimento e criatividade!

8 - O ócio é importante

Esse último tópico é necessário, já que poucas pessoas sabem a verdade sobre ele.

O ócio, aquele momento em que não fazemos nada, é importante para a criatividade.

Isso porque ao ficar o dia todo seguindo ordens, os pequenos não conseguem construir uma narrativa.

Ou seja, ficam sem tempo para pensar em novas ideias para realizar suas atividades.

Muitos responsáveis pensam que o ócio os leva a fazer “arte”, mas o que seria a arte se não uma forma de usar a criatividade?

É recomendado ficar por perto para definir os limites.

O estímulo da criatividade das crianças tem que ser contínuo

As dicas acima são algumas das mais eficientes para incentivar a criatividade nas crianças e evitar aquele sentimento de queda no nível criativo.

Entretanto, vale lembrar que com a tecnologia e a pedagogia, novas maneiras de incentivos aparecem de tempos em tempos.

Por isso, uma ótima recomendação é a de que pais, tios, avós e professores continuem buscando o conhecimento.

Afinal, essa é uma maneira de se manterem atualizados sobre as principais tendências e informações acerca desse assunto.

Para isso,convidamos você a continuar acompanhando o nosso blog.

Publicamos materiais novos periodicamente, sempre com esse intuito de trazer sugestões e dicas do que é mais indicado e mais saudável para o desenvolvimento dos pequenos.